Pai Renan de Ogum falhou feio nos Estaduais. E no Brasileirão?

Em janeiro deste ano, incorporando o personagem “Pai Renan de Ogum” no blog, publiquei quem eu achava que venceria os Estaduais em oito campeonatos deste país. Frisei que era puro chute, e prometi voltar para avaliar o meu percentual de acerto. Pois bem…acertei três dos oito campeões, menos de 50% de aproveitamento. Me dei bemContinuar lendo “Pai Renan de Ogum falhou feio nos Estaduais. E no Brasileirão?”

Publicidade

Os cariocas na Libertadores merecem aplausos…dos paulistas e mineiros

Como todos sabem, Flamengo e Botafogo foram eliminados de forma vexatória ainda na primeira fase na Libertadores. Usando de um artifício bairrista para definir a participação dos cariocas neste ano, poderia dizer que foi digna de aplausos…dos paulistas, que devem ter se sentido menos mal de nem conseguirem a vaga para disputar o torneio sul-americanoContinuar lendo “Os cariocas na Libertadores merecem aplausos…dos paulistas e mineiros”

Libertadores perde muita graça sem os paulistas

Certa vez, postei a seguinte frase no meu perfil pessoal do Facebook: Libertadores sem clubes paulistas é igual Buchecha sem Claudinho. A ideia da postagem era brincar com o fato de que o torneio continental perto muita graça sem os times de São Paulo. É uma opinião bairrista? Pode até ser. Mas tenho motivos paraContinuar lendo “Libertadores perde muita graça sem os paulistas”

Fifa e CBF tem discurso bom contra o racismo. Mas e a prática?

O caso deplorável de racismo envolvendo o cruzeirense Tinga na Libertadores mereceu destaque em toda a imprensa. Personalidades do mais alto calibre, como a presidente Dilma e os mandatários da Fifa e da CBF, prontamente se manifestaram contra o episódio. “Não só como presidente da CBF, mas, sobretudo como amante do futebol, tenho o deverContinuar lendo “Fifa e CBF tem discurso bom contra o racismo. Mas e a prática?”

Cruzeiro tem tudo para manter protagonismo no primeiro semestre

Até que os fatos provem o contrário, o Cruzeiro se consolida como um dos principais destaques do mercado da bola do fim de ano e, por isso, tem tudo para manter o protagonismo no primeiro semestre de 2014. Além de não perder as principais peças, o Cruzeiro se reforçou com bons nomes no mercado, comoContinuar lendo “Cruzeiro tem tudo para manter protagonismo no primeiro semestre”

Considerações sobre o Campeonato Brasileiro

Uma semana depois, com mais calma, queria usar este espaço para fazer breves considerações sobre os clubes que disputaram o Campeonato Brasileiro deste ano. Cruzeiro: surpreendeu ao ser campeão trocando boa parte do time que disputou a temporada passada, jogando por terra a teoria de que só vence quem mantém plantel de um ano paraContinuar lendo “Considerações sobre o Campeonato Brasileiro”

Facilidade da conquista do Cruzeiro reascende discussão chata entre pontos corridos e mata-mata

O Cruzeiro ganhou com méritos e muita facilidade o título brasileiro neste ano. Segundo o Blog do Rodrigo Mattos, é a segunda melhor campanha dos pontos corridos. E qual é o problema disso? É que justamente esta facilidade que faz reascender a (muito) chata discussão sobre a forma de disputa do Brasileirão entre mata-mata eContinuar lendo “Facilidade da conquista do Cruzeiro reascende discussão chata entre pontos corridos e mata-mata”

Polêmica sobre aliciamento mostra que clubes esqueceram que são formadores na base

O tema aliciamento tem sido uma constante na discussão dos assuntos relacionados às categorias de base do futebol brasileiro. O São Paulo tem sido constantemente acusado pelos clubes rivais de aliciar atletas se aproveitando da boa estrutura que possui no seu Centro de Treinamento em Cotia (SP). Eu particularmente acho que não tem mocinho nemContinuar lendo “Polêmica sobre aliciamento mostra que clubes esqueceram que são formadores na base”

Briga de título brasileiro mais chata desde 2007

Uma constatação: que briga chata pelo título brasileiro de 2013! O Cruzeiro mostrou que realmente deve ser o campeão ao vencer com muita propriedade ao fazer 4 a 0 na Portuguesa. E a diferença para o vice-líder Grêmio, que também ganhou na rodada (1 a 0 sobre o Atlético-PR), é de ONZE pontos, faltando 13Continuar lendo “Briga de título brasileiro mais chata desde 2007”