Veja o passo a passo de como colaborar com a campanha para a publicação do livro “20 jogos eternos do Santos”

Padrão

Durante os primeiros 30 dias da campanha para conseguir os R$ 13.300,00 necessários para a publicação do livro “20 jogos eternos do Santos”, recebemos relatos de pessoas que não conseguiram realizar a ajuda pelo site do nosso parceiro Abaca$hi. Por isso, resolvi fazer esse manual.

O link para contribuir é esse.

Veja o passo a passo

Primeiro passo – Clique na opção contribuir em verde

Em duas áreas no site (acima e no rodapé), existe a opção de clicar em contribuir para ajudar com a campanha.

Veja a reprodução da imagem de cima

primeiropasso

Veja a reprodução da imagem do rodapé

primeiropasso2

Segundo passo: Faça um cadastro no site do Abaca$hi

segundopasso

Para poder contribuir com o projeto, é necessário que você tenha um cadastro no site do Abaca$hi. Esse cadastro pode ser feito de três formas: facebook, google e email/senha. Os casos do facebook e do google são mais simples, porque, se você já estiver logado nos dois, com um clique você faz o seu cadastro no abacashi.com.

Terceiro passo: escolha o valor para contribuir

terceiropasso

Neste passo, você escolhe o valor com que deseja contribuir. O Abaca$hi cobra uma taxa de 30 centavos por transação. Você pode escolher se quer ou não divulgar o valor doado e se quer ou não revelar a sua identidade. Dependendo do valor da sua contribuição, você tem direito a uma contrapartida diferente, de acordo com as contrapartidas abaixo.

R$ 1 a R$ 35 – sem contrapartida

R$ 36 a R$ 66 – 1 exemplar do livro “20 jogos eternos do Santos”

R$ 67 a R$ 88 – 2 livros com desconto – presente para um amigo santista!

R$ 89 a R$ 98 – 1 livro + nome nos agradecimentos

R$ 99 – 2 livros + nome nos agradecimentos

acima de R$ 99 – ganha número proporcional de livros ao valor de cada unidade + nome nos agradecimentos (exemplo: se contribuir com R$ 360, tem direito a 10 livros).

R$ 2.200 – Patrocinador: tenha o logo da sua empresa no livro e ganhe 10 exemplares
Quarto passo – Escolha o tipo de pagamento

Você pode pagar de duas formas: boleto bancário e cartão de crédito. Fique tranquilo que é uma transação segura.

Se você escolher a opção do boleto, tem o prazo de dois dias para pagar. Se por um acaso esquecer e deixar o prazo passar, emita um novo boleto. Fique tranquilo que o boleto anterior será automaticamente cancelado.

Quinto passo – Espere a confirmação do pagamento

Se você chegou neste passo, é porque efetuou todo o processo corretamente. A confirmação de que o pagamento foi efetuado e você ajudou a campanha irá no seu email de cadastro no Abaca$hi.

Dúvidas neste processo? Envie um email para renanprates@gmail.com

Anúncios

Dracena rescinde na sexta e ficará livre para acertar com Corinthians

Padrão

O zagueiro Edu Dracena está prestes a deixar o Santos. A reportagem do Torcedores.com apurou que o capitão rescindirá contrato na sexta e ficará livre para acertar com o Corinthians.

Dracena e seu empresário, Renato Abonízio, se reuniram na última segunda-feira com a diretoria do Santos para tratar dos detalhes finais da sua rescisão. Por um pedido do jogador, ficou combinado que sua saída seria concretizada nesta sexta.

O Santos vê na saída de Edu Dracena uma boa possibilidade de economizar dinheiro, pois o clube enfrenta uma grave crise financeira e o zagueiro ganha R$ 300 mil por mês, o que daria uma economia anual de R$ 3,6 milhões aos cofres do clube. As lesões sérias que o jogador de 33 anos sofreu na carreira também pesam contra.

Já Dracena ficou incomodado com o atraso de salários do Santos. A volta de ex-jogador Léo, seu desafeto, também pesa para a saída do jogador, que faz questão de não sair pela porta dos fundos pela história que construiu no Peixe.

O Corinthians aguarda o desfecho da negociação entre Santos e Edu Dracena para contratar o jogador sem custos. O estafe do Timão está confiante em um acerto com o atleta.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do Santos, que se limitou a dizer que “até o momento, o zagueiro segue com suas atividades com o restante do elenco na pré-temporada”.

Crédito da foto: Getty Images

Texto originalmente publicado no site Torcedores.com. Seja um colaborador!

10 momentos que te fizeram sentir orgulho de ser santista

Padrão

“Nascer, viver e no Santos morrer. É um orgulho que nem todos podem ter”. Este lema cantado em verso e prova pelo torcedor santista tem razão de existir.

Acesse a página do blog do Renan Prates no Facebook

A redação do Torcedores.com elencou dez motivos históricos que fazem o torcedor santista ter orgulho de time que torce. Confira:

1 – Ter o melhor jogador do mundo: Pelé
Qual time teve o melhor jogador da história do futebol mundial e o Atleta do Século jogando por 18 anos com a mesma camisa? Pelé jogou 1116 partidas e marcou 1091 gols com a camisa do Santos. Dificilmente alguém neste mundo conseguirá superá-lo.

2 – Time que parou uma guerra
O Santos realizou uma excursão no ano de 1969 em território africano. A Guerra de Biafra, na Nigéria, já durava dois anos. Mas os dois lados decidiram fazer uma breve trégua para acompanhar a partida do Peixe contra a Seleção do Meio Oeste. Que clube conseguiu isso?

3 – Giovanni, Robinho e Neymar jogando juntos
O torcedor do Santos conseguiu em 2010 ver os seus três maiores ídolos recentes jogando juntos em 2010. Giovanni, Robinho e Neymar ficaram em campo ao mesmo tempo pela primeira vez em fevereiro, no duelo contra o Rio Claro. Giovanni marcou o gol da vitória de virada por 2 a 1.

4 – Campeão da Libertadores após 48 anos
Foram 48 anos de espera. Uma vez ‘batendo na trave’ em casa contra o Boca Juniors. Mas em 2011, o título chegou, contra o Peñarol, em casa, na reedição da final de 1962, também vencida pelo Santos. O torcedor fez o ‘mar branco’ no Pacaembu e saiu de lá orgulhoso com o título conquistado por Neymar e companhia.

5 – Campeão do Brasileiro de 2002 contra o maior rival
Por incrível que pareça, o torcedor do Santos tem mais orgulho do Brasileiro de 2002 do que da Libertadores de 2011. Dezoito anos sem ganhar títulos de expressão, final contra o arquirrival Corinthians…Duas vitórias expressivas e inesperadas na final de uma competição que o Peixe conseguiu a vaga nas quartas de final na ‘bacia das almas’. Inesquecível.

6 – Lotou o Maracanã em uma final de Campeonato Mundial
Pensa em um time da Baixada Santista, litoral de São Paulo, que não tem sequer 500 mil habitantes na cidade, colocar 130 mil torcedores no maior estádio no mundo da época? O Santos fez isso em 1963, contra o Milan. E não decepcionou o seu torcedor: foi bicampeão mundial, mesmo com Pelé machucado. Motivo de orgulho.

7 – Time que mais marcou gols no futebol mundial
Com 12.076 gols, o Santos é o time que mais marcou na história do futebol mundial. O DNA ofensivo do Peixe é o que mais orgulha o seu torcedor.

8 – Melhor time do século nas Américas
Em 2000, a Fifa fez uma pesquisa com seus leitores do mundo inteiro com a seguinte pergunta: qual foi o maior clube do mundo no século? O Santos ficou na quinta colocação, mas foi eleito o melhor time do século nas Américas.

9 – Ter os craques do futebol no mesmo time
Em 2010, o Santos chegou a ter como funcionário do clube a melhor do mundo no futebol feminino (Marta), o melhor jogador de futsal (Falcão), o Atleta do Século (Pelé) e o melhor do futebol brasileiro (Neymar). Isso é para deixar qualquer torcedor do planeta orgulhoso.

10 – Ser campeão da Libertadores com uma vitória em La Bombonera
Vencer o Boca Juniors em La Bombonera sempre foi um dos maiores tabus entre os clubes brasileiros. O Santos não só conseguiu esse feito como conseguiu ser campeão na casa do adversário, em 1963, deixando obviamente o seu torcedor ainda mais orgulhoso.

Texto originalmente publicado no site Torcedores.com. Seja um colaborador!

Não deixem que a briga política acabe com o Santos

Padrão

Tenho acompanhado a disputa eleitoral no Santos com relativa proximidade, e por isso faço um apelo: Não deixem que a briga política acabe com o clube.

O Santos está internamente esfacelado. Os membros do Comitê de Gestão estão rachados. O presidente Odílio Rodrigues está cada vez mais isolado.

A oposição viu na fraqueza da situação uma chance clara de voltar ao poder. Mas os membros da oposição sequer conseguem sem entender…

Acesse a página do blog do Renan Prates no Facebook

Faço um desafio a vocês: quem são os candidatos para a eleição do final do ano? Até agora, apenas dois foram confirmados: José Carlos Peres e Modesto Roma, este com o apoio do ex-presidente Marcelo Teixeira. Quem são os outros? Quem é o candidato da situação, Nabil Khaznadar?

Pré-candidatos não faltam, mas quem terá a força suficiente para brigar pelo clube?

O motivo do meu apelo é porque, por mais que não admitam, a briga política tem efeitos em campo. Odílio Rodrigues cedeu a pressão para demitir Oswaldo de Oliveira. Enderson Moreira chega com a clara missão de recuperar Leandro Damião, a contratação mais cara da história do Santos – provavelmente o maior mico também, a não ser que ele comece a jogar o que se esperava.

Claro que o Santos é maior do que isso, e não vai acabar. Mas esse pedido reflete uma certeza: se o Santos permanecer com esse ambiente de ebulição política, dificilmente terá um desempenho em campo suficiente para garantir a vaga na Libertadores ano que vem, e terminará na famosa “zona do nada” na tabela – isso se não brigar para escapar do rebaixamento.

Crédito da foto: Flickr/Divulgação

Texto originalmente publicado no site Torcedores.com. Seja um colaborador!

Enderson Moreira será o técnico do Santos

Padrão
Getty Images

Getty Images

O Santos agiu rápido após demitir o técnico Oswaldo de Oliveira e quer acertar todos os termos do contrato o quanto antes com Enderson Moreira para comandar a equipe no restante da temporada. O clube trabalha nos bastidores para apresentá-lo já nesta quarta-feira.

A assessoria de imprensa do Santos não confirma a minha apuração no Torcedores.com de que o Santos está acertado com Enderson Moreira. O que existe de oficial é que o clube marcou uma entrevista coletiva do presidente do Santos, Odílio Rodrigues, para às 15h desta quarta.

Acesse a página do blog do Renan Prates no Facebook

Enderson estava sem clube desde que comandou o Grêmio no início de agosto, dando lugar ao técnico Luiz Felipe Scolari.

O Vasco chegou a negociar com Enderson Moreira, mas esbarrou nos valores da negociação e no tempo de contrato, por isso a negociação não foi concretizada.

Crédito da foto: Getty Images

Texto originalmente publicado no site Torcedores.com. Seja um colaborador!

Santos ainda não aprendeu a viver sem Neymar, um ano depois

Padrão

Neymar-Santos_2823279-615x400

O Santos ainda não aprendeu a viver sem Neymar, um ano depois do jogo de sua despedida. O Peixe não conseguiu se reciclar depois da saída do seu principal jogador, no dia 26 de maio de 2013.

Para quem não se lembra, Neymar deixou o Santos longe da Vila Belmiro, num empate melancólico contra o Flamengo em jogo realizado no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O Santos era mandante naquele jogo, e escolheu jogar longe da Vila para arrecadar mais. A diretoria acertou o jogo antes de saber que seria o último jogo de Neymar.

Depois de Neymar, o que fez o Santos de relevante? Pouco, muito pouco. Ameaçou que encantaria o futebol brasileiro no início da disputa do Paulistão, mas fracassou ao perder a final para o Ituano. Antes, tinha feito um Campeonato Brasileiro muito mediano para as tradições do clube. Agora, ameaça fazer o mesmo na atual edição do Brasileiro.

Acesse a página do blog do Renan Prates no Facebook

A diretoria do Santos foi ao mercado tentar trazer alguém que pudesse representar no campo o que Neymar representava. Leandro Damião, até agora, fracassou. Chegou para fazer gols, mas ainda não disse a que veio. E custou muito aos cofres do clube. Os jovens do Santos, que costumam salvar a pátria quando a fase está ruim, ainda sofrem com a oscilação: ora fazem jogos excelentes, ora decepcionam.

Fora do campo, a perda de desempenho após a saída de Neymar é mais gritante. O atacante da seleção brasileira ajudou a turbinar as receitas de marketing do Santos. Depois que saiu, o Santos sequer conseguiu arranjar um patrocinador master para o seu uniforme.

Claro que o Santos é muito maior que Neymar. A história está aí para dizer isso. O Santos vai voltar a vencer sem o último maior ídolo. Mas isso não exclui o fato de que o Peixe precisa aprender a encontrar o caminho das glórias sem Neymar. Em campo e fora dele.

Crédito da foto: Reprodução

Texto originalmente publicado no site Torcedores.com. Seja um colaborador!

Cícero terá despedida melancólica do Santos. E a culpa é dele

Padrão

CAMPEONATO PAULISTA 2014: ITUANO X SANTOS FC

Mercado mais uma vez agitado. Cícero terá despedida melancólica do Santos. E a culpa é dele. O meio-campo pediu para a diretoria do Santos para não jogar contra o Flamengo, pois se atingisse sete jogos, não poderia se transferir para nenhum clube brasileiro.

Cícero é o principal jogador do Santos desde o ano passado. Recebeu merecido aumento da diretoria do clube, mas queria mais. Jornalistas que cobrem o dia a dia do Santos alegam que ele pediu R$ 500 mil mensais. O Peixe fez uma contra-proposta em que já aumentaria o salário dele, mas não com esse valor. Ao que tudo indica, ele movimentará o mercado com a ida para o Fluminense, um dos únicos clubes que ainda se submetem a pagar um salário desse aos atletas.

Cícero é um bom jogador. Muitas vezes, é subvalorizado, porque decide jogos e poucos o reconhecem. Mas…valer R$ 500 mil? Não vale. E, a meu ver, a diretoria do Santos faz muito bem em não ceder aos caprichos do atleta. Os clubes estão endividados. Não deveria pagar um salário desses a ninguém, muito menos a Cícero, que nem costuma ser chamado para a seleção brasileira.

Acesse a página do blog do Renan Prates no Facebook

E agora, o que fazer? A diretoria do Santos deveria tentar arranjar uma solução que seja bom para todos os lados. Como vejo uma saída? Usando Cícero como moeda de troca, pois ele tem mercado, e o Santos precisa de reforços.

Sobre Cícero, só tenho a lamentar a forma melancólica como ele despedirá do Santos. Teria tudo para ser ídolo do clube. Acho que não deveria priorizar tanto a segurança financeira.

Crédito da foto: Divulgação

Texto originalmente publicado no site Torcedores.com. Seja um colaborador!

Jean Chera, ex-promessa do Santos, amarga desemprego aos 19 anos

Padrão

Bh-IzkIQAAKQ9n-600x400

Jean Chera foi tido por um tempo no Santos como o ‘novo Neymar’. Mas aos 19 anos, o garoto amarga o desemprego e está treinando em uma academia da cidade enquanto não acerta com novo clube.

Jean Chera está sem clube desde o final de março, quando foi dispensado pelo Oeste, clube do interior de São Paulo, sem disputar uma partida sequer no último Campeonato Paulista – ficou no máximo no banco de reservas.

O jovem nunca chegou a despontar como profissional. Jean Chera recebeu um bom salário do Santos quando despontou na base, porque o então presidente do Peixe, Marcelo Teixeira, temia perdê-lo assim como quase perdeu Neymar para o Real Madrid.

Acesse a página do blog do Renan Prates no Facebook

Jean Chera nem chegou a jogar entre os profissionais do Santos porque seu pai, Celso Chera, brigou com a diretoria do clube. Desde então, o garoto só colecionou insucessos na carreira: Genoa-ITA, Flamengo, Atlético-PR, Cruzeiro e Oeste.

Como escrevi neste espaço, Jean Chera é um garoto que logo cedo conquistou, sem muito esforço, tudo que muito jovem tenta e muitas vezes não consegue conquistar: lugar cativo num clube grande, salário maior até do que atleta profissional e a certeza de que seu caminho para brilhar estava traçado. Mundo dos sonhos? Para ele, não. O garoto se perdeu na ganância do pai e coleciona fracasso após fracasso no futebol.

A história até agora mal sucedida de Jean Chera, infelizmente, é um retrato cruel de situações que acontecem cotidianamente na base dos principais clubes do país. Ávidos por revelarem talentos em casa, os dirigentes dos times muitas vezes entram no oba-oba criado pela imprensa e supervalorizam pequenos atletas que até podem vir a ser craques, mas precisam ‘maturar’, para usar um jargão dos técnicos, antes disso.

Apesar das dificuldades que tem enfrentado na carreora, Jean Chera pode vir até a ser um jogador acima da média. Mas ele é um bom exemplo de que não basta ter talento para vingar no futebol, mas também ter base estruturada, boa formação familiar, para aguentar o tranco de passar a ser famoso e ter assédio/melhoria substancial de vida de um dia para o outro. Histórias de atletas que caíram nas drogas ou no álcool estão aí aos montes para serem contadas e recontadas.

Texto originalmente publicado no site Torcedores.com. Seja um colaborador!

Crédito da foto: Reprodução

Filho de Neymar, Davi Lucca também gosta de jogar futebol…no gol!

Padrão

t_96857_neymar-e-messi-levaram-seus-filhos-davi-lucca-e-thiago-respectivamente-para-campo-antes-da-partida-615x400

Davi Lucca nem tem três anos completos, mas mostrou que assim como o pai famoso, gosta de jogar futebol. Mas diferentemente de Neymar, que faz sucesso pelos campos do mundo com a camisa do Barcelona, ele mostrou que tem talento para jogar no…gol!

Segundo um conhecido que frequentou por muito tempo a casa de Neymar, o craque do Barcelona em algumas oportunidades ficou jogando a bola para Davi Lucca jogar, e o filho mostrou desenvoltura no gol.

Acesse a página do blog do Renan Prates no Facebook

“Com certeza meu filho não vai ser atacante, mas ele gosta de jogar bola”, disse Neymar em uma das ocasiões.

Se a previsão de Neymar se confirmar, e o gosto de Davi Lucca quando criança permanecer quando ele crescer, será grande a chance de o craque repetir o mesmo que aconteceu com Pelé e Edinho. Para quem não se lembra, o filho do Rei do futebol atuou com a camisa do Santos, mas como goleiro. Pena que sua passagem como jogador do Peixe não tenha tido nem um centésimo do sucesso do que teve a do seu pai.

E você, o que acha? Davi Lucca será goleiro quando crescer?

Texto originalmente publicado no site Torcedores.com. Seja um colaborador!

Crédito da foto: Reprodução

Pai Renan de Ogum falhou feio nos Estaduais. E no Brasileirão?

Padrão

jogadores-do-cruzeiro-dao-a-volta-olimpica-no-mineirao-e-comemoram-com-a-torcida-o-titulo-de-campeao-mineiro-em-2014-1397426704195_615x300

Em janeiro deste ano, incorporando o personagem “Pai Renan de Ogum” no blog, publiquei quem eu achava que venceria os Estaduais em oito campeonatos deste país. Frisei que era puro chute, e prometi voltar para avaliar o meu percentual de acerto.

Pois bem…acertei três dos oito campeões, menos de 50% de aproveitamento. Me dei bem com Inter, Cruzeiro e Figueirense. Me dei mal no Paulistão (chutei Palmeiras, deu Ituano), no Carioca (cravei Botafogo, deu Flamengo), no Goiano (ganhou Atlético-GO ao invés de Goiás) no Paranaense (achei que daria Coritiba, venceu o Londrina) e no Pernambucano (cravei Santa Cruz, eliminado nas semifinais).

Bom…se levar em consideração que o Paulistão, o Goiano e o Paranaense tiveram resultados surpreendentes, até que não fui tão mal assim, vai.

Siga o Blog do Renan Prates no Facebook

E o que dá pra apostar no Brasileirão? Com base em informação, nada. Com base em chute, tudo. Como o Pai Renan de Ogum está aqui para brincar de chutar, vamos lá!

Campeão: Cruzeiro
Zona da Libertadores: Inter, Grêmio e São Paulo
Rebaixados: Criciúma, Fluminense, Chapecoense e Sport

Viajei muito? Concordam? Votem em quem será o campeão na enquete abaixo!

Crédito da foto: Gualter Naves/Lightpress

Em tempo:

Confira tudo sobre o Campeonato Brasileiro no UOL Esporte