Até quando falaremos de racismo no futebol?

Padrão

04out2013---arouca-durante-treinamento-do-santos-no-ct-rei-pele-1380918425589_615x300

No dia 13 do mês passado, ganhou repercussão internacional o episódio de racismo sofrido pelo volante Tinga, do Cruzeiro, na Libertadores. Entidades como a CBF e a Fifa, além da presidente Dilma, manifestaram publicamente seu repúdio sobre o fato.

Mas…o que DE FATO foi feito até agora? Nada.

E o pior: pipocam casos semelhantes no Brasil sobre este tema, a saber:

Arouca vê caso de racismo como inaceitável: “ser humano tem que evoluir”

Árbitro relata insultos racistas e depredação de carro após jogo do Gauchão

Perdão pelo desabafo, mas até quando vamos ter de falar de racismo no futebol. Repetindo a pergunta: ATÉ QUANDO?

De que adiantam hashtags do tipo “FechadoComOTinga”? Agora vocês estão “FechadosComOArouca” ou “FechadosComOÁrbitro”? E no que isso ajudará a resolver o problema?

Punições severas. Fim da impunidade. Será que é pedir muito?

Crédito da foto: Flickr/Santos FC

Relembre o post:

Fifa e CBF tem discurso bom contra o racismo. Mas e a prática?

Em tempo:

Alvo de gestos racistas, Tinga lamenta: “a gente fica muito chateado”

Veja a lista dos últimos posts no blog e das matérias que fiz pelo UOL na minha página pessoal

Anúncios

Gostou do texto? Achou ruim? Dê sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s