Por que Muricy desperta tanta adoração e raiva nos torcedores?

Padrão

01dez2012---muricy-ramalho-tecnico-do-santos-entra-em-campo-antes-da-partida-contra-o-palmeiras-1354400092031_615x300

Talvez não tenha hoje em dia nenhum técnico no futebol brasileiro que desperte tanta adoração e raiva nos torcedores como Muricy Ramalho. Os ‘muricystas’ e ‘não muricystas’ seriam capazes de ficar horas discutindo se o técnico é bom mesmo ou não é tudo isso que se alardeia.

Mas afinal, por que essa mistura de sentimentos? E Muricy é bom mesmo?

Sim, Muricy já provou que é capaz. É vencedor, conquista muitos títulos, como ele mesmo gosta de propagar. Mas apesar de ser multi-campeão, o treinador é adepto do futebol simples. Eficiente, mas sem brilho: o que revolta muitos torcedores.

Muricy foi de técnico de conquistas regionais a um dos melhores do país em cinco anos, quando faturou quatro brasileiros, três pelo São Paulo e um pelo Fluminense. O segredo? Se for para resumir em poucas palavras: montou times ótimos na defesa e com muito poder de decisão no ataque nas oportunidades que eram criadas. Em 2007, o Tricolor paulista foi campeão com uma impressionante média de apenas 19 gols sofridos em 38 jogos.

Muricy teve muitos méritos no início do trabalho do Santos justamente por ter acertado a defesa. Confiou no volante Adriano como seu ‘cão de guarda’ dos zagueiros, vigiou mais a subida dos laterais e deixou Ganso e Neymar a vontade para jogarem o que sabe. O resultado? Título da Libertadores após 48 anos de jejum.

Mas foi no mesmo Santos que a filosofia defensiva de Muricy foi colocada em xeque. Como os atuais dirigentes santistas gostam de propagar, o clube tem em sua história um DNA ofensivo que, na visão deles, deve ser respeitado. Na análise dos atuais diretores, as pratas da casa sempre devem ser valorizadas, o que não condiz com o histórico de Muricy, apesar dele insistir na falácia de que revela, sim, muitos jogadores. Por isso, ele amargou a demissão.

Os críticos de Muricy alegam que ele anda desmotivado, e que não conseguiu montar no Santos um time que deixasse de depender do Neymar. Os defensores, e nesta lista se incluem boa parte dos torcedores do São Paulo acostumados com a fase vencedora de títulos brasileiros, alegam que ele é um técnico vencedor, característica que não dá pra se desprezar.

Penso que as duas vertentes tem um pouco de razão. Mas Muricy tem, principalmente, que reciclar seus conceitos. Exemplos bem sucedidos de treinadores estudiosos e inovadores, como Tite e Cuca, estão aí para mostrar que não o futebol praticado em 2008, quando Muricy era multi-campeão, está cada vez mais em desuso.

Crédito: Pedro Ladeira/Folhapress

Em tempo:
Leia a entrevista exclusiva dos colegas Luiz Paulo Montes e Vinicius Mesquita com o Muricy:

Veja a lista das matérias que fiz pelo UOL na minha página pessoal:

Anúncios

2 comentários sobre “Por que Muricy desperta tanta adoração e raiva nos torcedores?

  1. Diego Cordeiro

    Tenho certeza de que nenhum palmeirense gosta do Muricy. O cara teve o dom de pegar o time invicto há cinco jogos no Brasileiro de 2009, líder e com pinta de campeão, e ficar de fora até da Libertadores. Não é possível alguém assim ser um bom técnico – por mais que vaidades possam ter minado seu trabalho. Como muitos culpam Luxemburgo pelo primeiro rebaixamento do Palmeiras, eu coloco boa parte da culpa pela fase atual do time neste título perdido. Tivesse ganho, imagino como nossa situação estaria diferente!

Gostou do texto? Achou ruim? Dê sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s