Felipão tem uma tranquilidade rara, e perigosa, para trabalhar até a Copa

Desde que conquistou a vitória maiúscula contra a Espanha na final da Copa das Confederações em junho, o técnico Luiz Felipe Scolari ganhou uma tranquilidade rara para trabalhar na seleção brasileira até a Copa do Mundo, calmaria que pode se tornar perigosa dependendo da forma com que ele conduzir o trabalho rumo ao Mundial deContinuar lendo “Felipão tem uma tranquilidade rara, e perigosa, para trabalhar até a Copa”

Técnicos argentinos brilham nos gigantes espanhois. E os brasileiros?

Diego Simeone e Gerardo Martino são dois treinadores argentinos que comandam gigantes espanhois. Ambos tem feito campanhas brilhantes com o Atlético de Madri e o Barcelona nesta temporada. E a minha pergunta que fica é: e os técnicos brasileiros, como estão neste cenário? Não estão. Nem sequer são cogitados quando surge algum cargo vago deContinuar lendo “Técnicos argentinos brilham nos gigantes espanhois. E os brasileiros?”