Você levaria um filho para um clássico no estádio? Eu não

Padrão

uma-garotinha-acabou-no-meio-de-briga-de-torcidas-no-jogo-do-corinthians-no-pacaembu-faccoes-de-corintianos-entraram-em-desacordo-e-causaram-tumulto-no[1]

Os dias passam e as histórias de violência nos estádios e fora deles são as mesmas. Só mudam os personagens. E o final é o mesmo: mortes de torcedores e inoperância do poder público. Diante de um quadro como esse, faço uma pergunta: você levaria um filho seu para ver um clássico no estádio?

Se você ainda está pensando para responder, já me adianto: EU não levaria. Adoraria responder o contrário, mas não consigo. Hoje, não dá. Amanhã, espero poder.

Penso que ainda dá para levar em um jogo de uma torcida só, com menor importância. Mas mesmo assim, ainda existem casos isolados como este da foto acima que geram riscos para uma criança.

Eu iria a um clássico. Sozinho. Pois penso que sei me cuidar. Mas estou falando de um risco a integridade física de uma pessoinha que eu já amo mesmo antes de nascer. Se decidir levar, tenho que cuidar de mim e dela. Não dá nem para pensar na possibilidade de acontecer algo. Por isso, ficaria com meu filho em casa.

O que está acontecendo no país é muito grave. E fica mais grave quando levamos em consideração que o santista morto numa emboscada de são-paulinos, infelizmente, vai virar estatística. Já iniciei a contagem regressiva e estou no aguardo das medidas paliativas que serão anunciadas pelas autoridades, e no final não vão dar em nada mesmo. Agora será diferente? Tomara.

Repito…o santista foi morto numa EMBOSCADA…a Torcida Jovem, maior organizada do Santos, já prometeu VINGANÇA aos são-paulinos. Até onde isso vai parar?

Ainda bem que tenho meu pacote do pay-per-view. Pelo andar da carruagem, meu filho provavelmente vai virar torcedor de TV. O futebol está perdendo para a violência. Vamos deixar isso acontecer?

Levar um filho ao estádio é correr risco de passar por situações como a da foto acima, que nem foi tirada num clássico (imagina se fosse). Crédito: Thiago Bernardes/Agência Frame

PS: Para quem tem dúvida sobre o prazer que é levar a um filho num campo de futebol, segue um link muito interessante de um vídeo do Canal Plus exibido no Esporte Espetacular, com a narração de Tino Marcos.

Relembre um post sobre um tema semelhante:

Não foram Vasco e Fluminense os rebaixados na última rodada. Foi o futebol brasileiro

Em tempo:
Veja a lista das matérias que fiz pelo UOL na minha página pessoal

Anúncios

Gostou do texto? Achou ruim? Dê sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s