Sombra de medalhões é cada vez maior aos técnicos da elite do Brasileirão

Padrão

Mano

Que Mano Menezes pediu demissão do Flamengo, isso não é mais novidade. Mas a sua saída do clube da Gávea reforça um dado:  a sombra de medalhões é cada vez maior aos técnicos da elite do Brasileirão.

Entre os técnicos considerados tops no Brasil, três estão sem emprego: Mano Menezes, Abel Braga e Paulo Autuori. No segundo escalão, se encontram nesta condição Celso Roth, Adilson Batista e Joel Santana, entre outros.

Nem bem saiu do Flamengo, Mano já é considerado sombra para Tite no Corinthians, pela sua proximidade com o atual presidente Mário Gobbi.

Abel Braga foi o sonho de consumo do Flamengo logo após a saída de Mano, mas o treinador, ao menos no discurso, diz que só volta a comandar um clube em 2014 (no que faz muito bem).

Mas a presença de nomes deste calibre no mercado pode ser nociva aos treinadores da nova geração que executam um bom trabalho. Claudinei Oliveira tira leite de pedra deste Santos e faz o clube sonhar até com o G4 do Brasileirão. Mas quem garante que ele vai ser mantido no cargo no caso de uma série de insucessos?

No Palmeiras, Kleina sofria até pouco tempo atrás com a sombra de Luxemburgo, atualmente no Fluminense. Agora, até o nome de Mano chegou a ser cogitado. Que tranquilidade o treinador vai ter para continuar exercendo seu bom trabalho com tantas especulações sobre a sua saída.

“Sinceramente, como vou pensar em 2014? Meu pensamento é deixar o Palmeiras na elite. E 2014 vamos deixar para o homem lá de cima que ele vai fazer a melhor escolha”, disse após a vitória sobre o Sport.

Não tenho nada contra os técnicos medalhões. A maioria fez por merecer o status que tem. Mas a atual fase do futebol brasileiro permite que profissionais como Claudinei, Kleina, Guto Ferreira (Portuguesa) e Enderson Moreira (Goiás) recebam os elogios que tem feito por merecer e sejam mais valorizados.

Crédito da foto: Pedro Ivo Almeida/UOL

Em tempo:
Acompanhe tudo sobre o Brasileirão no UOL Esporte

Veja a lista das matérias que fiz pelo UOL na minha página pessoal

Anúncios

2 comentários sobre “Sombra de medalhões é cada vez maior aos técnicos da elite do Brasileirão

  1. Ricardo Perrone

    Camarada, os textos aqui considero sempre bons porque são sucintos e custos, sem firulas!
    Quanto aos medalhões considero o seguintes: muitos não acompanham a evolução do futebol, por ser um esporte muito conservador insistem em táticas e métodos antigos.
    E outra, os jogadores são muito burros, estão em sintonia com o que acontece no Brasil – pouca cultura, pouco raciocínio então….

Gostou do texto? Achou ruim? Dê sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s