Se vencer a apatia, Corinthians brigará para ser campeão brasileiro

Padrão

Tite

Por mais que Tite tente negar, o Corinthians tem enfrentado um mal que costuma atrapalhar os times que são multicampeões: a apatia. A medida em que um clube passa a ganhar vários títulos em sequência, cria-se uma aura de invencibilidade, que se não for bem trabalhada pode atrapalhar muito nas competições subsequentes.

Trocando em miúdos, como fazer um clube manter a mesma pegada após ser campeão mundial, da Libertadores, Brasileiro, da Recopa e Paulista? Onde precisa chegar? O que precisa provar?

Nos torneios que são em formato de pontos corridos, é mais fácil mostrar para o jogador que ele precisa se dedicar em todas as partidas da mesma forma, senão corre o risco de não ser campeão. Mas imagine em um torneio como o Paulista, que até uma criança de sete anos que acompanhe minimamente futebol sabe que só vale mesmo na fase decisiva…

A vantagem do Corinthians é que esse elenco é muito qualificado, além de ter um entrosamento tamanho, que os jogadores já automatizaram o bom sistema de marcação implementado pelo seu treinador. Por isso, o Timão é uma equipe que leva poucos gols, independente do campeonato que disputa.

Mas o empate contra o Santos, jogo em que o Corinthians foi dominado e só não perdeu porque se portou bem na defesa e deu poucas chances agudas ao adversário, serviu para exemplificar o que tem acontecido em algumas partidas do time na temporada.

A impressão é que os atletas sabem que não precisam se esforçar muito para alcançar o resultado que desejam, e por isso se acomodam. Na Vila Belmiro, como Tite bem disse, isso ficou comprovado de tal forma que parece que o gol marcado logo no início do primeiro tempo foi prejudicial para o clube no decorrer da partida.

Na sexta-feira passada, Tite falou grosso e disse que não falta vontade no seu grupo pois, se faltasse, seria uma prova de ausência de caráter nos seus comandados. Não acho que seja para tanto. Penso que se trata de uma acomodação normal de um elenco qualificado que se acostumou a vencer.

Time para ser campeão brasileiro, o Corinthians tem. Qual elenco deste país pode se dar ao luxo de escalar nomes como Pato e Renato Augusto no banco?

Para usar uma expressão comum no vocabulário de Tite, o Timão precisa é manter a intensidade na maioria das partidas para alcançar o seu objetivo de conquistar o terceiro título na temporada. Senão corre o sério risco de lamentar perder a taça para um elenco bem inferior, porém mais dedicado.

Crédito da foto: Rodrigo Capote/UOL

Em tempo:
Acompanhe tudo sobre o Corinthians no UOL Esporte:

Veja a lista das matérias que fiz pelo UOL na minha página pessoal:

Anúncios

Gostou do texto? Achou ruim? Dê sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s